Pesquisar este blog

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Os deuses olimpicos e seus dominios

Em tempos imemoriais o mundo grego era governado pelos titãs. O conceito de "titã" é na verdade muito semelhante ao de "deus". Estudiosos aproximam a palavra titã de titaks (rei) e titene (rainha), pois era isso que eles eram, governavam o mundo representando as forças incontrolaveis e indomaveis da natureza. Tais forças só entraram em harmonia quando eles foram derrotados pelos deuses, estes firmaram sua sede de poder no topo do monte Olimpo e dividiram os territorios conquístados cabendo aos trés prinicpais deuses a posse dos ceus, das aguas e do mundo inferior (o mundo dos mortos), mas quanto a esta partilha falaremos detalhadamente mais adiante, nos atendo agora ao nascimento dos deuses e sua conquista pelo poder.
 
Os titãs como já dito eram reis e rainhas e por isso temiam perder seus tronos. Crhonos o rei dos titãs comia seus filhos assim que os gerava pois temia que eles ao crescerem tomassem seu lugar (ironicamente foi exatamente isto que aconteceu). Crhonos teve com sua irmã Reia um total de seis filhos, trés homens (Zeus, Poseidon e Hades) e trés mulheres (Hera, Deméter e Hestia) sendo estes os primeiros deuses olimpicos a qual futuramente destronariam e acabariam com o reinado dos titãs.

Ao vencerem a guerra os deuses olimpicos se firmaram no monte Olimpo como ja foi dito, eles então partilharam os territorios conquistados ficando Zeus o filho caçula com a maior parte, os dominios dos céus, se tornando assim deus dos deuses e dos homens e senhor do monte Olimpo a morada sagrada dos deuses. Poseidon regiu sua autoridade nos oceanos e nos mares, e quanto a Hades coube a menor parcela, ficando ele com o mundo inferior, a morada dos mortos.

É importante salientar que dentre as filhas de Crhonos nenhuma ganhou alguma parte nesta partilha. Hera se uniu a Zeus se tornando assim rainha dos deuses e também deusa dos casamentos, mas ela jamais teve um dominio apenas dela como seus irmãos. A deusa Hestia também nada recebeu, mas no seu caso foi por livre e expontanea vontade, Hestia é uma deusa recalusa e isolada, esta ligada a familía e a religião não se preocupando assim com dominios ou terras para governar. Deméter também não recebeu dominios, mas sim deveres, ela ficou responsavel pela agricultura, tendo que manter a terra sempre fertil, talvez a deusa se tornasse a regente da terra da memsa forma que Poseidon regia o mar e Zeus os céus, mas dado a personalidade de Deméter, que não possui ambição ou cobiça, isto jamais ocorreu. Seu interesse é apenas de agradar e proteger os demais, tendo assim por livre e espontanea vontade aceitado as responsabilidades pelos dominios da terra, mas jamais os proclamado para si.

Feita esta pequena explicação vamos agora falar detalhadamente então dos dominios dos trés grandes deuses: Zeus, Poseidon e Hades.


 


Poseidon governa o mar. É em seus dominios que vivem todas as criaturas marinhas, incluindo as sereias e as ninfas das aguas. É casado com a nereida Anfitrite e com ela gerou tritão. Poseidon governa seu territorio usando da froça extraordinaria de seu tridente capaz de tremer a terra e os mares, o deus assim tem o poder de criar terremtos e maremotos. Muitos outros seres poderosos já governaram os mares ou pelo menos parte deles, antes de Poseidon firmar seu poder, assim temos como exemplo a titanida Tethys, o poderoso Oceano e também o filho dos dois Nereu o velho do mar. Poseidon porem conquistou o direito de governar os mares apos derrotar os titãs e estes dominios são mantidos por ele ate os dias atuais.




Os dominios de Zeus são os ceus, por isso mesmo a ave é um dos animais que o representa. Em seus dominios estão os ventes, os pegasos as harpias e qualquer sorte de ser que caminhe pelo ar. Tem como centro de poder o gigantesco monte olimpo que se ergue nas alturas. Zeus como ja dito se casou com sua irmã Hera. Ele detem o raio a mais poderosa arma presente na mitologia grega, com ela o deus castiga seus inimgos e espalha sua ira rasgando os céus. Zeus ja usou sua arma muitas vezes para proteger seus dominios, algumas delas contra herois como o inconsequente Faetonte e ousado e Arrogante Belerofonte.





Hades governa o mundo inferior (mundo dos mortos, também denominado Hades), este é um local vasto, sombrio e sem esperança, nele os conceitos de céu, inferno e purgatorio cristãos se mesclam. A maioria das almas dos mortos se dirige ao Erebo aonde nele vagam eternamente sem rumo ou objetivo, com o passar dos anos eles acabam perdendo suas identidades ate não se tornarem meros zumbis, sombras do que um dia foram. O Erebo corresponde ao purgatorio cristão. Outra das regiões infernais é o Tartaro um abismo profundo aonde os deuses jogam seus inimigos e aqueles a quais desejam casrigar, é no Tartaro que estão os titãs e mortais como Sisifo. Corresponde ao inferno. A ultima das grandes areas do Hades são os jardins Elisseos, lá a esperança o amor e a felicidade reino, é um paraiso a qual poucos afortunados vão apos a morte. O mundo inferior é sem sombra de duvidas os dominios aonde temos mais informações detalhadas. É nele que residem deuses como Tanatos e Hypnos. O Hades é guardado pelo cão Cerbero e por Caronte, o barqueiro que transporta as almas dos mundos pela travessia do mundo infernal. Hades se casou com a deusa Persefone sua sobrinha, filha de Deméter e Zeus. O mundo inferior ainda possui varios rions como o rio Estige a qual nenhum deus pode jurar em falso e o rio Lete o rio do esquecimento ao qual as almas dos mortais se banham antes de irem reencarnar. Tal como Poseidon possui seu tridente e Zeus o raio, Hades também recebeu uma objeto de grande poder. O deus possui o elmo da invisibildade, algumas vezes ele emprestou este valioso tesouro para mortais, Perseu o recebeu de presente juntamente com o escudo de Atena uma espada dada por seu pai Zeus alem das sandalias aladas de Hermes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário